EVENTO PROMOVIDO PELO CRCES MOSTRA QUE O TERCEIRO SETOR VIVE UM MOMENTO POSITIVO, APESAR DA CRISE

A Contabilidade das Entidades do Terceiro Setor e as Leis de incentivos fiscais, onde todos saem ganhando. Foi tema do “Dia do Saber” realizado pelo Conselho Regional de Contabilidade do Espírito Santo (CRCES), em 24 de outubro de 2018.

O Terceiro Setor apresenta grande expansão nas últimas décadas, e continua crescendo. O evento tem o objetivo de disseminar o conhecimento e o CRCES promove iniciativas como esta oferecendo mais oportunidades de aperfeiçoamento aos inscritos, para que aprofundem seus conhecimentos sobre as instituições do Terceiro Setor, levando aos profissionais da contabilidade e empreendedores sociais do Espírito Santo, conhecimentos úteis para melhorar a captação de recursos e a sua prestação de contas à sociedade.

Na abertura, o presidente do CRCES, Roberto Schulze destacou a importância do Terceiro Setor para melhorar a condição da população brasileira em áreas-chaves onde o Estado não alcança. As organizações que vêm tendo sucesso reúnem qualidades e exigem profissionais cada vez mais capacitados, ressaltando a importância da contabilidade como instrumento de apoio a essas organizações.

A programação deste “Dia do Saber” realizado no auditório do Conselho, contou com três palestras. A primeira, “LEIS DE INCENTIVO FISCAIS – Aplicação na prática”, foi apresentada por Eudes França Oliveira Junior.

Palestra: “LEIS DE INCENTIVO FISCAIS – Aplicação na prática”, foi apresentada por Eudes França Oliveira Junior.

Palestra: Captação de Recursos, ministrada por Vinícius Ventura.

A palestrante Gleidi Teixeira (centro) apresentou “CASOS PRÁTICOS” e trouxe a Leila Landgraf (esquerda) que mostrou seu projeto.

A segunda palestra, “CAPTAÇÃO DE RECURSOS“, foi proferida por Vinícius Ventura. A última palestra programada foi “CASOS PRÁTICOS”, ministrada por Gleidi Teixeira. A palestrante, apresentou um estudo de caso, convidou a empreendedora social, Leila Landgraf, do Centro de Vivência Despertar para Vida (CVDV) que o mostrou o Projeto Remando para Inclusão (http://cvdvida.org.br/projeto-remando-para-inclusao/). O projeto tem como objetivo promover a inclusão social de crianças, adolescentes e jovens com deficiência e necessidades especiais, síndromes, transtornos, distúrbios e com dificuldade de aprendizagem com a atuação do esporte remo.

Realizado pelo CRCES, com o apoio de parceiros o “Dia do Saber”, reuniu cerca de 95 profissionais da contabilidade e representantes de entidades vivamente interessados na temática, acreditando que o Terceiro setor tem muito a ganhar com mais esta iniciativa para chamar a atenção e ressaltar a importância da contabilidade, mostrando que há um esforço contínuo para modernizar o Terceiro Setor com melhores legislações, regras de controle e fiscalização, investimento em gestão, estrutura e mão de obra especializada com domínio das ferramentas para auxílio na gestão dos diferentes tipos de entidades.